Literatura Estrangeira · Resenhas · Romance

Julieta, de Anne Fortier

“‘Dizem que morri. Meu coração parou e eu não respirava – aos olhos do mundo, estava morta de verdade. Alguns dizem que durou três minutos, outros afirmam que foram quatro. Pessoalmente, começo a achar que a morte é, acima de tudo, uma questão de opinião. Sendo Julieta, acho que eu devia ter percebido que isso… Continuar lendo Julieta, de Anne Fortier