Minha estante · TAGs

TAG: Livros opostos

Olá! Hoje eu vou seguir a Tag Livros opostos, que foi começada pelo Bruno, do vlog Minha Estante ( o link do vídeo dessa Tag é este aqui). Eu gostei bastante da ideia dessa Tag, que nada mais é do que escolher, entre seus livros, dois livros diferentes que se opõem em alguma característica. Bom, vamos lá!

1ª pergunta: primeiro livro da sua coleção / último comprado.

O meu primeiro livro, se me lembro bem, foi A Galinha Ruiva, que eu ganhei da escola quando estava no pré-primário:

livros-a-galinha-ruiva-colecao-livro-magico--98336_2

O último livro comprado na verdade foram dois, pois eu comprei pela internet e, aproveitando os preços, comprei juntos. São: A Culpa é das Estrelas, de John Green e Capitães da Areia, de Jorge Amado.

Publicação1

2ª pergunta: um que você pagou barato / um que pagou caro.

Um que eu paguei barato foram na verdade 4: Escrava Isaura, de Bernardo Guimarães, Cinco Minutos / Viuvinha, de José de Alencar, A Moreninha, de Joaquim Manoel de Macedo e Senhora, de José de Alencar. Esses quatro livros são da Ciranda Cultural, de uma versão super-mega-ultra econômica, que minha irmã comprou pra mim numa feirinha de livros que teve uma vez no shopping da minha cidade. Eles custaram R$2,00 cada um, se não me engano.

1239793_10200107388801370_432369939_n

Um que eu paguei caro, mas comprei feliz, porque eu queria muito, foi Os Catadores de Conchas, de Rosamunde Pilcher. Paguei cerca de R$60,00. Eu queria muito ler e, quando via o preço, eu pensava “Vou esperar baixar, daí eu compro”. Mas, o preço não baixou, então, fazer o quê, né? Comprei assim mesmo, li e gostei bastante!

os-catadores-de-concha

3ª pergunta: um com protagonista homem / um com protagonista mulher.

Para um livro com protagonista homem escolhi O Garoto no Convés, de John Boyne. Eu já li vários livros com homens como protagonistas, mas escolhi este porque ele é muito legal! A história é ótima (é sobre um famoso motim – e toda a viagem que levou a ele – que aconteceu num navio inglês liderado por William Bligh no século XVIII, visto através de um personagem fictício, o garoto do título) e o protagonista, um adolescente órfão, é muito legal e o modo como ele conta a história é divertido e é gostoso de ler.

download

Um livro com protagonista mulher eu cito, dentre tantos, também, Escrito nas Estrelas, de Sidney Sheldon. É um ótimo livro, como todos do Sidney Sheldon, e, apesar do linguajar baixo em certos momentos (eu lembro que eu me assustei na época em que li esse livro, porque eu era novinha! rs), você não consegue largar o livro até terminá-lo. A história da protagonista é super envolvente e você fica louco pra saber como vai acabar.

download (1)

4ª pergunta: um que leu bem rápido / um que demorou pra ler.

Um livro que li bem rápido foi O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa, de C. S. Lewis. Esse é o primeiro livro das Crônicas de Nárnia (e o meu preferido!) e eu li ele num dia, quando eu tinha uns 7 anos. Eu já li outras vezes (também bem rápido). É muito bom!!! A história é ótima, os personagens são ótimos e é muito gostoso de ler!

download (2)

Agora um que eu demorei pra ler, na verdade que estou demorando pra ler, é Os Doze, de Justin Cronin. É a continuação do A Passagem, e, apesar de eu ter gostado muito do primeiro e estar gostando muito desse também, eu estou demorando pra caramba pra ler porque o livro é muito grosso (cerca de 800 páginas) e fica meio maçante em certos pontos, pois são muitos personagens e muitos detalhes da história, que acabam me deixando confusa e cansada de ler, mesmo gostando da história. Com  A Passagem foi assim também; demorei pra ler, mas adorei a história e quando terminei, quase joguei o livro contra a parede de tanta raiva por ter acabado como acabou. Só pra citar, a última frase do livro é essa: “Tiros lá fora. Vou olhar.” Ahhh, que raiva! rsrs… Fiquei meses esperando pela continuação e agora estou nesse impasse! rs…

download (3)

5ª pergunta: um com capa bonita / um com capa feia.

Um livro que eu tenho que eu acho que tem a capa mais linda de todo o mundo é um que eu acabei de fazer resenha: Julieta, de Anne Fortier. A capa é muito linda, além da visão da cidade (que é como se fosse vista num mapa antigo) e da rosa, como visto na imagem abaixo, o título “Julieta” é dourado. Eu acho muito linda. Foi por causa dessa capa que eu fiquei com vontade de ler o livro e, pra mim, nenhuma supera ela no quesito beleza.

Julieta

Agora, um livro com capa feia… tem tantos! rs… Bom, mas escolhi dois, de uma mesma coleção: Anjo da Morte e Pântano de Sangue, de Pedro Bandeira. Eu amo a coleção Os Karas, mas as capas dessa edição, não dá, né? E o pior é que os livros que eu tenho são com essas capas, porque eu achei num sebo, e como estava difícil achar essa coleção inteira, bom, comprei assim mesmo.

Publicação2

6ª pergunta: um livro brasileiro / um livro internacional.

Um brasileiro que eu gosto bastante é Vidas Secas, de Graciliano Ramos. Genial. Eu sei que muita gente não gosta desse livro; na escola todo mundo odiava, mas eu amei! A história é muito triste e o modo como o autor conta, é muito legal. Um dos clássicos brasileiros mais bonitos e legais que eu já li. Sinceramente. Vou fazer uma resenha dele um dia, pois o livro é ótimo! E eu amo a personagem Baleia! rs

download (5)

Para um livro internacional, dentre tantos, cito um meio desconhecido: Loteria, de Patricia Wood. Eu li esse livro numa daquelas coleções da Revista Seleções, as Seleções de Livros. É muito bom! É sobre um cara que é retardado mental (pode falar assim?) e ganha na loteria. A história perpassa toda essa etapa na vida dele, o que ele faz com o dinheiro, como as pessoas à sua volta reagem com o fato e, enfim, acaba meio que fazendo uma reflexão sobre a relação das pessoas com o dinheiro, e mostrando que, às vezes, um retardado mental é mais “racional” e entende melhor sobre o que é realmente importante na vida. Farei uma resenha dele também, um dia, porque é um livro muito bom!

41Q4fYLk9oL

7ª pergunta: um livro mais fino / um mais grosso.

O livro mais fino que eu tenho é A Galinha Ruiva, justamente por ser um livro infantil, pra quem está começando a ler etc. Já o livro mais grosso que eu tenho é o livro três d’As Crônicas de Gelo e FogoA Tormenta de Espadas, de George R. R. Martin. É enorme! Ele tem 879 páginas (grossas) e dá quase o triplo da grossura do A Passagem, de Justin Cronin. Olhem esta foto, com ele ao lado d’A Passagem:

1239746_10200107840212655_1280409416_n

8ª pergunta: um livro de ficção / um de não ficção.

Para um livro de ficção, eu cito toda a coleção Harry Potter, de J. K. Rowling, que eu amo e acho ótima! Os livros são muito bem escritos, as histórias são interessantes e muito bem formuladas e todo o universo criado é muito legal.

harrypotter

Agora, um livro de não-ficção que eu li (e eu já li muitos, em especial os técnicos da minha área), e gostei bastante e, por isso, escolho como exemplo aqui, é Jack, o Estripador – A verdadeira história 120 anos depois, de Paulo Schmidt. Eu adoro histórias policiais, de suspense e mistério e quando vi esse livro numa livraria me interessei bastante, justamente por ser uma história policial e de mistério real! Jack, o estripador, como ficou conhecido, foi um dos piores serial killers da história da Inglaterra e nunca foi pego, e ninguém sabe nem a identidade dele. Esse livro conta tudo o que se sabe sobre esse caso e o autor tenta falar sobre tudo objetivamente, apenas expondo os fatos, detalhes e informações, para que o leitor fique a par de todo o caso e tire suas próprias conclusões. E ele ainda contém imagens da época, como recortes de jornal, fotos dos locais dos crimes e dos corpos (arranquei duas páginas por causa das fotos dos corpos! rsrs) e fotos de alguns suspeitos na época. É muito bom, pra quem gosta de histórias macabras reais.

jack_estripador

9ª pergunta: um livro meloso / um livro de ação.

Um livro meloso é o Diário de uma Paixão, de Nicholas Sparks, que eu adoro! (E é o mesmo que o Bruno, do Minha Estante, escolheu) A história é realmente bem melosa e muito linda! De todos desse autor que eu já li, esse é o que eu mais gosto!

7342274SZ

Um livro ação que eu gosto bastante é Confie em Mim, de Harlan Coben. Todos dele, na verdade, são muito bons e têm bastante ação, mas este foi o primeiro dele que eu li e gostei pra caramba! Não para (ah, que ruim escrever sem o acento! rs) do começo ao fim!

download (6)

10ª pergunta: um livro que te deixou feliz / um que te deixou triste.

Para essa última pergunta, foi difícil escolher nas duas categorias. Um livro que me deixou feliz e me deixa sempre que leio ou que me lembro dele, é outro meio desconhecido: Teu Pai te Ama, de Silvia Alves, da Coleção Mutirão. Ele é tão desconhecido que eu nem achei uma foto boa dele na internet (e eu não tenho foto também, porque o livro é da minha irmã e eu não tenho ele aqui em casa). É um livro muito legal, para adolescentes e eu já li umas 500 vezes! Leio todo ano (nesse ano ainda não li), assim como minha irmã, e não é nenhum grande livro, mas é muito bom, a história é gostosa e você lê numa tarde. É um livro que você lê com um sorriso no rosto do começo ao fim, não por ser engraçado, mas por ser bonitinho, com uma história legal e envolvente. Recomendo!

TEU_PAI_TE_AMA_1237291684P

Um livro que me deixou triste… ah, foram tantos!… Bom, mas eu escolho aqui dois: O Menino do Pijama Listrado, de John Boyne, e A Menina que Roubava Livros, de Markus Zusak. Maravilhosos. Talvez algumas pessoas não concordem comigo com o fato de citá-los aqui ao invés de outros, mas eu amo esses livros e acho eles muito tristes justamente por serem a história de crianças no meio de uma guerra tão cruel. Ambos se passam durante a Segunda Guerra Mundial e ambos têm como protagonistas, crianças. Foram os dois primeiros livros que me fizeram chorar e, por isso, têm um lugarzinho especial no meu coração como os livros mais emocionantes que já li. Geniais. E ponto.

Publicação3Enfim, esses foram os livros que eu escolhi para essa Tag (não citei nenhum da Agatha Christie! :O) e espero que tenham gostado desse post! Logo farei mais posts com outras Tags. Até mais!

Anúncios

2 comentários em “TAG: Livros opostos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s